setembro 23rd, 2020

You are browsing the archive for setembro 23rd, 2020.

[França] David Graeber e o Anarquismo

[França] David Graeber e o Anarquismo

O desaparecimento prematuro do antropólogo e ativista David Graeber causou grande excitação nas redes sociais e fez manchetes na imprensa internacional: tanto em reconhecimento do valor intelectual de seu extenso e valioso trabalho quanto de seu ativismo militante. Um reconhecimento amplamente merecido. Não apenas pelo interesse que seu trabalho de pesquisa, no campo da antropologia […]

[Espanha] Lançamento: "Ada Martí. Una mujer anarquista", de Abel Paz

[Espanha] Lançamento: “Ada Martí. Una mujer anarquista”, de Abel Paz

Edição de Fernando Casal e Mª Antonia Ferrer. Ada Marti. Un grito en la noche é um livro que Abel Paz – pseudônimo de Diego Camacho Escámez – teve em preparação durante muito tempo e não pôde publicar em vida, e que agora aparece sob o título de Ada Martí. Una mujer anarquista (Ensaio biográfico). Ada foi um […]

Curso de extensão "Cultura Libertária em Movimento"

Curso de extensão “Cultura Libertária em Movimento”

• De 10 de outubro a 28 de novembro, sempre aos sábados às 16 horas (horário de Brasília). • Gratuito, aberto ao público, com certificação. • E-mail para contatos: cursoculturalibertaria@gmail.com • Transmissão pelo canal do Youtube da “Escola Historia Unirio”: https://www.youtube.com/watch?v=S5eTE1jHSbE • Coordenação: Carlo Romani e José Damiro de Moraes, Unirio. P r o g r a m […]

[Espanha] A greve da Educação em Huesca

[Espanha] A greve da Educação em Huesca

Manifesto lido esta manhã (18/09) no comício convocado por nosso sindicato, CGT. O ano letivo acaba de começar e ainda assim já temos provas suficientes para qualificar a situação como alarmante. Desde o início da pandemia, o sindicato CGT, como segundo sindicato de representação de professores, vem denunciando (também nos tribunais) uma política errática, levada […]

Mais de mil ossadas de vala aberta na ditadura ainda aguardam identificação

Mais de mil ossadas de vala aberta na ditadura ainda aguardam identificação

A clandestina Vala de Perus, revelada em São Paulo há 30 anos, armazenou vítimas ocultadas pelo regime militar. Coordenador do trabalho de identificação dos restos mortais vê risco de interrupção sob Bolsonaro. Depois de 34 anos de busca, Gilberto Molina pôde enterrar o irmão mais novo, Flávio Molina, no jazigo da família no cemitério São […]