[Ponta Grossa-PR] A solidariedade venceu de novo: “Conseguimos uma vaca linda!”

Pessoas da terra, amizades, compas, camaradas, companheirada, a vakinha deu certo e ultrapassamos a meta!

Quero agradecer cada mona, mina e mano e compartilhou o pedido de solidariedade, muito mais do que moedinhas esse evento mexeu com algo dentro de mim: percebi que eu sou importante para aquilo que decidi fazer da vida!

É uma conclusão banal, mas depois de centenas de mensagens dizendo o quanto a Editora Monstro dos Mares e a minha tarefa de editor é importante para suas vidas, suas pesquisas acadêmicas, coletivos e bibliotecas comunitárias.

Eu que passei a vida inteira me odiando, me sentindo inútil e com raiva da minha existência tomei um baque. De verdade. Passei o final de semana sentindo dor nos olhos e sem capacidade de escrever esse agradecimento antes, mas com a certeza de que isso vai acabar. Pois começo o tratamento em breve. Dia 29 de Maio estão marcados os exames e no início de Junho chegam os óculos. Então poderei fazer uma nova consulta e descobrir o tamanho do dano. Afinal foi descoberta uma escavação profunda no nervo óptico direito e daqui pra frente será tratamento para o Glaucoma e a Catarata.

Foi muito difícil ir ao médico, eu procurei o sus em Setembro/Outubro de 2018 e fiquei aguardando a ligação do Agente Comunitário de Saúde, que nunca aconteceu. Mudei de cidade e sempre fui passando “prioridades” à frente e acabei não buscando ajuda. As dores se intensificaram e junto com a dor um mal humor constante. Agradeço minha companheira e a criança pela paciência comigo. Também quero agradecer a visita do meu amigo e também editor que esteve aqui em casa passando o final de semana e apoiou a ida ao oftalmologista realizar a consulta e ao meu irmão que prontamente me ajudou.

Saí do médico arrasado, com medo e sem perspectivas de levantar essa grana toda. Conversei com algumas amizades que tensionaram para que eu criasse a vakinha. Com sinceridade eu não queria fazer aquilo, eu tinha quase certeza que não daria certo, que eu estaria me expondo desnecessariamente, que ia floppar! Mas foi lindo descobrir que eu estava enganado mais uma vez.

Então se você chegou até aqui, provavelmente é uma das pessoas que se importou comigo, que ajudou enviando uma mensagem carinhosa, compartilhou o pedido de ajuda e até mesmo uma grana na vakinha ou por depósito direto (para driblar as taxas de 6% e escapar da exigência de valor mínimo).

Então eu agradeço profundamente cada pessoa, cada amizade e dizer que não estamos sozinhos, que se cada pessoa puder fazer um pouquinho pela outra pessoa a gente pode fazer muito mais.

“Uma pedra no caminho você pode retirar / mas com a ajuda do vizinho é mais fácil de carregar / jogue uma semente no solo desse chão / comece por você / seja a revolução” ANARKOFUNK, Semente.

Obrigado,

Saúde, livros e anarquia!

Tiago Jaime Machado

Editor

Editora Monstro dos Mares

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/21/ponta-grossa-pr-seja-solidario-ajude-o-compa-baderna-oculos-glaucoma-e-catarata/#comment-17597

agência de notícias anarquistas-ana

Uma flor desabrocha
para a vida.
Alegria no jardim.

Aprendiz

Leave a Reply