[Chile] Santiago | A bicicleta como ferramenta de luta política: traçando rotas contra o expansionismo automotivo

Deixamos todxs convidadxs, a partir das 15 horas, para a Jornada de discussão e reflexão “La bicicleta como herramienta de lucha política: trazando recorridos contra el expansionismo automotriz“, neste domingo, 25 de agosto, na Kasa de Lxs Gatxs, a poucos metros do metrô Rondizzoni.

Como anarquistas e antiautoritárixs, visualizamos a existência do Parque Automotriz como uma das principais problemáticas socioambientais que atualmente está moldando e configurando a construção espaço-temporal do território na cidade de Santiago, a qual se vê materializada na privatização de espaços comuns, hiper-aceleração do tempo no fluxo da mobilidade espacial, individualismo e enfraquecimento do respeito mútuo no uso dos espaços viários, redução e destruição de áreas naturais e saturação da má qualidade do ar na bacia de $antiago.

E desse pequeno exemplo que queremos levantar um debate, ainda incipiente. Nos interessa esboçar e posicionar uma perspectiva antiautoritária do uso da bicicleta como ferramenta de resistência e sabotagem: como podemos converter a bicicleta em nossa ferramenta de resistência frente à violência da Cidade Neoliberal e seu parque automotivo? Que tipo de ações e práticas poderiam materializar tal resistência, de um uso político e crítico da bicicleta?

Nos interessa poder nos aproximar destas perguntas através de nossas experiências, problemáticas e perspectivas, de onde habitamos, percorremos e resistimos à cidade na bicicleta…

Após a conversa haverá uma oficina de mecânica básica, com contribuição voluntária!

Tradução > keka

agência de notícias anarquistas-ana

caem as mangas
no pátio do sonho
talvez em outros

Jorge B. Rodríguez

Leave a Reply