[Holanda] Haia: Banho verde no posto de gasolina da Shell

Na noite de 29 de janeiro de 2020, ativistas deram um visual verde ao posto de gasolina da Shell (veja a foto) no bairro Sportlaan, em Haia. Com esta ação de “lavagem verde”, querem chamar a atenção às óbvias tentativas da Shell de limpar a sua reputação como uma das empresas mais poluentes e desastrosas do mundo, com as chamadas alternativas verdes aos combustíveis fósseis. Enquanto isso, a maior parte do seu lucro ainda vem dos combustíveis fósseis, causando consequências irreparáveis ao ecossistema.

As tentativas da Shell de se apresentar como progressista e sustentável é, particularmente, perigoso, quando suas ações dizem exatamente o contrário.

Eles injetam milhões em lobbies para negar a mudança climática e, se ela existe, revertendo a responsabilidade dela para mim e você.

Eles matam e deslocam indígenas, enquanto chamam isso de inclusão.

Se esquivam milhões em taxas e ganham subsídio estatal. Cada vez mais, se apresentam como parte “indispensável” da sociedade, mas nós dizemos NÃO. Nem os animais, nem as pessoas, nem a natureza podem continuar a viver com as consequências dos negócios da Shell.

Basta!

Fonte: https://www.indymedia.nl/node/47323

Tradução > A Alquimista

agência de notícias anarquistas-ana

Ruídos nas ramas.
Trêmulo, meu coração detem-se
e chora na noite…

Matsuo Bashô

Leave a Reply