Aumento na conta de luz. Na Espanha, protestos de rua à vista. No Brasil…

Junho começa com aumento de preço na conta de luz para os brasileiros. Na Espanha também. Mas lá, diferente de cá, individualidades, grupos e organizações se mobilizam e vão às ruas contra tal aumento (40%!) já neste sábado (ver cartazes em anexo). Cá, com conta de luz mais cara (carestia da vida nas alturas!), o que percebemos, a pouco mais de um ano da corrida presidencial de 2022, é o clima de campanha eleitoral já dominar as “rodinhas” virtuais ou não do país, com intensa movimentação das forças de direita e esquerda pautando (com apoio da grande mídia), principalmente, a disputa entre Bolsonaro e Lula.

Por outro lado, imaginar que, no Brasil, há um século, os anarquistas saiam às ruas contra o aumento de preços dos gêneros de primeira necessidade. Hoje, outros tempos, somos meia-dúzia de gatos pingados, sem poder de mobilização. Mas o que também percebemos atualmente, principalmente nas redes sociais, são “vários” anarquistas irem na rabeira-narrativa da esquerda institucional-tradicional-eleitoreira-psicopata por votos-privilegiada-rasteira engrossar o coro de “Fora Bolsonaro”, “Impeachment Já!”, “Defesa do Estado e das Instituições Democráticas!”, “Não Vai Ter Copa!”, “BláBláBlá”…

Nossas vidas, nosso dia-a-dia, se resumem a essa disputa eleitoral antecipada, dócil, domesticada, alienante, psicopata, insana, doentia?

Enfim. Nem mafiosos. Nem mártires. Foda-se as eleições. Organização. Lucidez. Rebeldia. Combate. Ação Direta.

Emma Goldmam

agência de notícias anarquistas-ana

Apesar do sol
Ardendo sem compaixão,
O vento de outono.

Bashô

Leave a Reply