Curdistão | 10 anos da Revolução de Rojava

Por Guilhotina.info

Para marcar o 10º aniversário da Revolução de Rojava, a Plataforma de Solidariedade com os Povos do Curdistão traduziu alguns excertos do comunicado internacional das YPG e das YPJ, que apela a uma onda de solidariedade com os povos de Rojava e do Norte da Síria face à anunciada agressão imperialista do estado turco.

A 19 de julho de 2012, a revolução de Rojava começou, com a tomada de poder na cidade de Kobane. A revolução deu esperança do Curdistão e daí espalhou-se para o resto do mundo. E uma revolução que, à base de democracia popular, libertação da mulher e ecologia, dá uma resposta e alternativa do sistema capitalista que destrói o planeta e os valores da humanidade.

Em Rojava, encontramos uma luz de democracia e de vida livre e autónoma. E um lugar de fraternidade entre povos e de estabilidade numa região que, durante séculos, se viu vítima de guerra e de destruição, e que se tornou um tabuleiro para os jogos geopolíticos das grandes potências do mundo ocidental.

As mulheres tomam um papel de vanguarda na Revolução de Rojava. A sua participação na autodefesa em particular não só destroçou a noção patriarcal de que as mulheres não se podem defender, mas inspirou mulheres por todo o mundo a lutar pela sua libertação.

Neste dia, comemoramos os e as quase 11 mil mártires e mais de 20 mil camaradas feridos que deram o seu sangue e vida em defesa desta revolução e do mundo contra o Daesh. Internacionalistas de todo o mundo vieram a ter um papel importante nesta guerra. São a nossa inspiração e nós seguimos o seu caminho.

Depois da vitória sobre o Daesh, celebrada pelo mundo inteiro, Rojava vê-se agora confrontado com ataques diários pelo Estado Turco, membro da NATO, e por numerosos embargos, de água e vários bens, que servem primariamente para atacar as pessoas da região.

Tal com as YPG, YPJ e as SDF defenderam o mundo da ameaça [jihadista] que era temida pelos mais poderosos Estados ocidentais, agora o mundo tem de aceitar a responsabilidade de defender os povos e a revolução de Rojava!

Fonte: https://guilhotina.info/2022/07/20/10anos-revolucao-rojava/

agência de notícias anarquistas-ana

nuvem que passa,
o sol dorme um pouco –
a sombra descansa

Carlos Seabra

 

Leave a Reply