One response to “[Grécia] As temporadas turísticas do terror”

  1. Luiz Alberto Barreto Leite Sanz

    Não posso deixar de pensar que aqui, no Brasil, não é muito diferente. Variam uns ou outros aspectos, mas a exploração também é brutal. Nunca trabalhei em hotelaria, mas já viajei muito, morei em hotel muitas estrelas quando trabalhei em Brasília durante alguns meses e pude observar e perceber as condições em que trabalham os companheiros de hotelaria e restaurantes. Condições essas agravadas pela cumplicidade de clientes, muitos deles também trabalhadores assalariados, que os tratam como se fossem seres inferiores cujo destino é servi-los e não prestar-lhes serviço. Esta é uma luta pela dignidade de todos os trabalhadores. Solidariedade com os trabalhadores gregos! Por organizações libertárias, combativas, dos empregados em hotelaria no Brasil! Pela dignidade da Classe Trabalhadora!

Leave a Reply