[Grécia] Onda de julgamentos de processados pela luta antimineração em Calcídica

Nos próximos dois meses se realizarão ao menos sete julgamentos de dezenas de lutadores contra as minas de ouro em Calcídica. A seguir, uma breve informação sobre estes julgamentos, pedindo a difusão da notícia.

Em 12 de outubro de 2017 na cidade de Políguiros (Calcídica) se realizou o julgamento dos 23 detidos pelas forças repressivas durante a invasão das denominadas forças antidistúrbios dos povoados de Calcídica, em 7 de março de 2013. Aquele dia no povoado de Ierissós três mil pessoas estiveram lutando com grande valor e insistência contra as forças pretorianas do Regime. A fumaça dos muitíssimos gases lacrimogêneos disparados por elas cobriu durante várias horas o céu por cima dos povoados. Os policiais não duvidaram em disparar gases lacrimogêneos nos pátios das casas do povoado, até no interior do edifício da escola primária local.

Em 16 de outubro de 2017 na mesma cidade se realiza o julgamento de alguns dos mineiros valentões da empresa mineradora Elinikós Jrisós (Ouro Grego), marionete na Grécia da multinacional Eldorado Gold. Em 15 de março de 2013 uns trinta títeres da empresa irromperam no povoado Megali Panaguiá e se puseram a insultar e agredir os habitantes do povoado que se opõe à destruição do meio ambiente de sua província. Alguns deles não duvidaram em entrar em casas, pegar e maltratar as pessoas, e destruir seus pertences. Entre as pessoas agredidas estava um obreiro florestal. Notamos que os meios de desinformação burgueses que elogiam a propriedade privada, silenciaram totalmente estas agressões.

Em 27 de outubro de 2017 se realizará na mesma cidade o julgamento dos nove detidos durante um evento celebrado em 15 de janeiro de 2015, durante uma concentração de protesto fora do recinto das minas. Os manifestantes haviam construído simbolicamente um pequeno muro de ladrilhos fora da entrada do recinto. Uns dias antes o diretor geral da empresa mineradora havia pedido “construir a unidade”.

Em 9 de novembro de 2017, nos tribunais de Tessalônica se realizará o julgamento dos acusados de haver participado no ataque incendiário à zona mineira de Calcídica, realizado em 17 de fevereiro de 2013. Umas cinquenta pessoas haviam entrado na zona de obras cercada, e puseram fogo nos depósitos e nos veículos da empresa mineradora. Em nossa postagem intitulada “O papel sujo dos meios desinformativos no caso do ataque incendiário à zona mineira de Calcídica”, podes ler detalhes interessantes sobre a manipulação e tergiversação da notícia pelos meios de desinformação.

Em 10 de novembro de 2017 se realizará na cidade de Políguiros (Calcídica) o julgamento dos acusados de haver reagido ao ataque que receberam por parte dos valentões da Eldorado Gold em 15 de julho de 2013, regressando com seus carros de uma concentração de protesto fora dos tribunais de Políguiros. A Polícia não só fez vista grossa, mas deteve alguns dos agredidos…

Em 27 de novembro de 2017 se realizará na mesma cidade o julgamento das catorze pessoas detidas em 21 de outubro de 2013 em uma manifestação contra as minas de ouro, e de outra pessoa, acusada de haver carregado em sua caminhonete lutadores perseguidos pelos policiais. A Polícia confiscou a caminhonete e uns meses mais tarde o Estado a colocou em leilão ilegalmente e a vendeu…

Em 13 de dezembro de 2017 se realizará em Tessalônica o julgamento de cinco pessoas, detidas durante a manifestação antimineração de 9 de setembro de 2012, na qual a Polícia atirou selvagemente contra os manifestantes.

O texto em castelhano:

http://verba-volant.info/es/oleada-de-juicios-de-encausados-por-la-lucha-antiminera-en-calcidica/

Tradução > Sol de Abril

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/10/09/grecia-tessalonica-intervencoes-da-okupa-terra-incognita-em-solidariedade-com-os-lutadores-contra-as-extracoes/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/09/22/grecia-os-lutadores-em-calcidica-nao-estao-sos/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2017/09/22/grecia-chamado-anarquista-para-concentracoes-em-solidariedade-com-os-acusados-pela-luta-anti-mineracao-em-calcidica/

agência de notícias anarquistas-ana

O grito do grilo
serra ao meio
a manhã.

Yeda Prates Bernis

Leave a Reply