abril 2018

You are browsing the archive for abril 2018.

[Rússia] Zhukov, o general que importava Coca-Cola para a União Soviética

[Rússia] Zhukov, o general que importava Coca-Cola para a União Soviética

Como a bebida era proibida na União Soviética, Georgy Zhukov concebeu um projeto secreto para produzir Coca-Cola transparente em garrafas de vodka. Georgy Zhukov, um herói da União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial, tinha um grande vício: Coca-Cola. O problema é que o governo soviético tinha considerado a bebida uma marca do imperialismo norte-americano […]

[Rio de Janeiro-RJ] Roda de conversa sobre Comunicação Anarquista/Libertária como forma de Ação Direta

[Rio de Janeiro-RJ] Roda de conversa sobre Comunicação Anarquista/Libertária como forma de Ação Direta

A roda será uma das atividades que acontecerão na 1° Feira Anarquista da Zona Oeste do Rio de Janeiro. Evento Feira: https://facebook.com/events/2093532484215814/ Descrição: Estamos muito felizes em poder dividir essa roda com compas da Imprensa Marginal – Editora e Distro AnarcoPunk & Anarco Filmes Produções e Coletivo Ação Imediata Anarquista – AIA Proposta: Debate sobre construção […]

[Chile] Lançamento: "Louis Lingg. Já o devem saber pelos estrondos. Memória insurreta: Origens do 1º de Maio e a vida de um dos seus protagonistas"

[Chile] Lançamento: “Louis Lingg. Já o devem saber pelos estrondos. Memória insurreta: Origens do 1º de Maio e a vida de um dos seus protagonistas”

Os eventos que ocorreram em 1886 e 1887 em Chicago, Estados Unidos, abalaram a ordem mundial. As grandes greves e manifestações desencadeadas pela batalha de uma jornada de trabalho de oito horas culminaram com os distúrbios em Haymarket, onde oito policiais morreram após o lançamento de um artefato explosivo. O Estado responde processando oito anarquistas, […]

[Portugal] "A liberdade não se concede, conquista-se. Que a conquistem os negros!"

[Portugal] “A liberdade não se concede, conquista-se. Que a conquistem os negros!”

A Mário Domingues devem-se, nos anos 20, os primeiros textos da imprensa portuguesa a defender abertamente a independência das colônias. Hoje são poucos os que conhecem a obra deste anarquista, que denunciou as brutalidades cometidas pelo império na África e que, com o Estado Novo, trocou os jornais pela ficção. Um breve ensaio volta agora […]

[Espanha] A outra feira: a Feira do Livro Anarquista de Sevilha

[Espanha] A outra feira: a Feira do Livro Anarquista de Sevilha

Cada ano, editoras, livrarias, autores e leitores se encontram na Feira Anarquista de Sevilha, um lugar de encontro para a criação literária com visão libertária. Não se trata só de letras. A oralidade, a música e o audiovisual jogam um papel fundamental no encontro que cada mês de março implica a alguns espaços autogestionados do […]

[Porto Alegre-RS] Cartaz em Solidariedade com xs que resistem a Operação Érebo

[Porto Alegre-RS] Cartaz em Solidariedade com xs que resistem a Operação Érebo

Ainda no contexto em que colar um cartaz pode ser muito mais complicado do que antes, e com uma investigação que segue na procura dos tão desejadxs “culpadxs”, a indiferença é impossível diante das repressões. A solidariedade tem sido a melhor propaganda anarquista, e tem sido um impulso de ação ao longo dos vastos territórios […]

[Grécia] Vídeo: Em solidariedade aos ocupantes da "ZAD", anarquistas atacam embaixada francesa em Atenas

[Grécia] Vídeo: Em solidariedade aos ocupantes da “ZAD”, anarquistas atacam embaixada francesa em Atenas

Integrantes do grupo anarquista grego Rouvikonas atiraram bombas de tinta contra a embaixada francesa em Atenas nesta terça-feira (24/04), em um protesto que, segundo eles, serviu para manifestar solidariedade aos ocupantes da “ZAD” [Zona A Defender] de Norte-Dame-des-Landes, no oeste da França, que recentemente foram alvos de uma vasta operação militar de expulsão. > Veja […]

Terrorismo e violência política em Portugal, no século XX

Terrorismo e violência política em Portugal, no século XX

A imagem nacional e internacional que temos é que somos um país de grandes costumes, um povo muito gentil, acolhedor, a violência é mínima, tratando-se de gente tolerante, multicultural, as práticas bombistas, o assassinato político, o sequestro, são resquícios do passado, vivemos em grande amenidade, a despeito de algum frenesim de tabloides ou canal de […]

[Canadá] Vem aí a 13ª edição do Festival Internacional de Teatro Anarquista de Montreal

[Canadá] Vem aí a 13ª edição do Festival Internacional de Teatro Anarquista de Montreal

O Festival Internacional de Teatro Anarquista de Montreal (FITAM) volta para sua 13ª edição, nos dias 22 e 23 de maio de 2018, às 19h30, na Sala Rossa. O FITAM é o único festival no mundo consagrado ao teatro anarquista. Inserido no mês da Anarquia de Montreal, o FITAM oferece uma tribuna a trupes e […]

[França] 1968 – 2018: Desde um Maio selvagem a outro – Uma chamada de convergência a Paris em 1º de Maio

[França] 1968 – 2018: Desde um Maio selvagem a outro – Uma chamada de convergência a Paris em 1º de Maio

Uma revolução efervescente Hoje, certos jornalistas, intelectuais, artistas e políticos desejam comemorar o ano de 1968 e suas revoltas, apresentando-as como um impulso para a realização da democracia capitalista, do prazer individualista e liberal. Uma vez mais, este evento histórico está sendo utilizado para impulsionar vendas, audiências, revistinhas literárias e boletins de voto; efetivamente tentando […]

[Alemanha] "A morte de Stalin" ou: pode-se fazer piada de um ditador?

[Alemanha] “A morte de Stalin” ou: pode-se fazer piada de um ditador?

Censurada na Rússia, sátira sobre os últimos dias do líder russo e a subsequente disputa de sucessão chega às salas da Alemanha. E reaviva o debate: é admissível rir hoje do stalinismo ou do nazismo? A magnífica sequência de abertura de A morte de Stalin já revela bem o terror da era stalinista: uma orquestra sinfônica dá […]

[Alemanha] Centenas de neonazistas realizam festival de rock na cidade de Ostritz no dia do aniversário de Hitler

[Alemanha] Centenas de neonazistas realizam festival de rock na cidade de Ostritz no dia do aniversário de Hitler

Mais de mil neonazistas se reuniram no Leste da Alemanha para um festival de rock de extrema-direita iniciado na última sexta-feira (20/04). A data marca o aniversário de Adolf Hitler. Em contrapartida ao ato, antifascistas organizaram contramanifestações e vários moradores participaram de um festival paralelo pela paz. O festival “Escudo e Espada” foi realizado na […]

[Peru] Pronunciamento anarquista sobre os bombardeios das potências mundiais sobre a Síria

[Peru] Pronunciamento anarquista sobre os bombardeios das potências mundiais sobre a Síria

Como é do conhecimento público, na semana passada o governo dos EUA, liderado pelo ultradireitista Donald Trump, bombardeou áreas urbanas em Damasco e Homs, com a aprovação dos governos ocidentais como os da França, Reino Unido e Canadá, sob o pretexto da existência de armas químicas pelo governo sírio de Bashar Al Assad, cuja família […]

[EUA] Nova York retira estátua de médico que operava escravas sem anestesia

[EUA] Nova York retira estátua de médico que operava escravas sem anestesia

Estátua de J. Marion Sims, considerado o ‘pai da ginecologia moderna’ foi retirada do Central Park após protestos Pela primeira vez, a cidade de Nova York retirou um monumento de uma figura histórica ligada a práticas de racismo. Na terça-feira retrasada (17/04) a estátua do médico J. Marion Sims, considerado o pai da ginecologia moderna, […]

[Espanha] 1° de Maio: Tomar as ruas

[Espanha] 1° de Maio: Tomar as ruas

Há dez anos que vivemos nesta crise do sistema capitalista, uma crise que nada mais é que outra ferramenta da grande patronal, das multinacionais e dos banqueiros, com a cumplicidade de um sistema político corrupto, para aumentar seus enormes lucros sempre a custa dos direitos dos cidadãos e, especialmente, da classe trabalhadora. Esta crise é […]

[França] Lançamento: "Um maio livre e solidário. A travessia de 68 por um jovem Argelino", de Kadour Naimi

[França] Lançamento: “Um maio livre e solidário. A travessia de 68 por um jovem Argelino”, de Kadour Naimi

Uma noite, uma camarada, Édith, e eu estudávamos o pequeno livro vermelho de Mao. Subitamente, Édith me perguntou, no tom mais suave, com um sorriso terno: – E se nós fizéssemos amor? Eu a olhei fixamente, surpreso. De fato, nossos encontros tinham criado em nós um sentimento afetuoso. Essa camarada era bela, seu corpo delgado […]