[Chile] 22 de Maio – Dia do Caos

Na manhã de 22 de maio de 2009 nos levantamos com uma ferida incurável, nos golpeou gravemente a notícia da morte em ação de um rebelde. O coração Anárquico de Mauricio Morales havia deixado de bater, seu corpo sem vida jazia no meio da rua Ventura Lavalle em Santiago centro, só a poucos metros da escola de Gendarmeria [polícia] do Chile. O artefato explosivo com o qual pretendia atentar contra esse símbolo da sociedade carcerária detonou inesperadamente, causando sua morte e desatando uma tragédia. Uma bicicleta, um punhal e um revólver o acompanharam em seus últimos suspiros… nossas lágrimas o acompanharam quando seu corpo voltou à terra.

Este mês recordemos o “Punky Mauri”, com suas ideias/ações e também com todas as suas contradições, com sua vida inquieta e sua burlesca alegria. Hoje a 9 anos deste acontecimento levantemo-nos com um irredutível sorriso cúmplice, irmanando-nos com a urgente necessidade de ataque, intensificando nosso latente impulso de destruir esta sociedade, incendiando nossos apaixonados desejos de liberdade. Este maio de 2018 procuremos que viva a Anarquia…

22 de Maio – Dia do Caos!

NOSSA MEMÓRIA É NEGRA, NOSSO CORAÇÃO TAMBÉM!

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/06/14/espanha-a-memoria-ativa-impregna-de-vida-nossos-passos-palavras-do-companheiro-francisco-a-7-anos-da-morte-de-mauricio-morales/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/05/27/propaganda-nas-ruas-de-porto-alegre-em-memoria-do-punky-mauri/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2014/06/10/chile-mauricio-morales-5-anos-depois-de-sua-morte-nossa-firme-conviccao-e-seguir-com-o-combate-permanente-contra-o-poder-o-estado-e-o-capital/

agência de notícias anarquistas-ana

patins no gelo –
riscos que se cruzam
como novelo

Carlos Seabra

 

One response to “[Chile] 22 de Maio – Dia do Caos”

  1. Luiz Alberto Sanz

    Uma bela data para ser comemorada! Lembremos o punky Mauri e saudemos os dias que virão, fruta da fraternidade e da comunhão de interesses dos trabalhadores. Saudações Libertárias!

Leave a Reply