Não vote!

nao-vote-1

Eleições:

O voto é um desejo enunciado por cada uma das pessoas chamadas a emitir uma opinião. A pseudo-delegação pelo “povo” de sua pretensa “soberania”. Mas nas eleições, o voto não serve para emitir uma opinião, serve para conferir um mandato. PJ. Vidal

O Mandato:

“O mandato ou procuração é um ato pelo qual uma pessoa dá a uma outra o poder de fazer algo pelo mandatário, em seu nome”. (Código Civil, art. 1984) PJ. Vidal

O Sistema Eleitoral:

O sistema eleitoral não pode ser um meio técnico de escolher responsáveis. Há entretanto uma razão para toda esta perda de tempo e dinheiro que é uma campanha eleitoral. Aquilo que é uma pobre ficção jurídica, torna-se, na vida, uma importante operação de intoxicação psicológica. Se o poder da minoria dirigente se exercesse sem máscara, ele se tornaria rapidamente intolerável para a maioria das pessoas. O poder pretende então se exercer em nome dos próprios governados. É preciso, todavia, dar-lhes a impressão, de vez em quando, de que participam. PJ. Vidal

Eleições 2018: Não vote!

agência de notícias anarquistas-ana

Noite estrelada
O céu – brilhando – se abaixa
Silenciosamente

Eunice Arruda

Leave a Reply