“Esse ano optamos por dar um tema pra Feira: Nem Estado, Nem Patrão, Nem Marido”

Confira a seguir “micro-entrevista” com as organizadoras da segunda edição da Feira de Mulheres Anarquista, evento que rola neste domingo, dia 02/12, na Zona Leste de São Paulo, no CDC Vento Leste.

Agência de Notícias Anarquistas > Como foi a 1ª edição da Feira de Mulheres Anarquista?

Feira de Mulheres Anarquista < Foi incrível! Tivemos muitas inscrições, propostas muito legais de rodas e oficinas, foi muito difícil fazer uma seleção e organizar pra caber tudo num dia só. Muitas pessoas passaram pela Feira ao longo do dia, não tenho uma estimativa de público, mas já sabíamos que seria cheio pelo número de pessoas interessadas durante a divulgação. Essa primeira Feira foi na Ocupação Mauá e foi muito legal poder fortalecer um pouco um espaço tão importante de resistência no Centro [de São Paulo], com arrecadação de brinquedos, livros e alimentos. Ficamos muito animadas e inspiradas a continuar fazendo esse encontro anual, muitos aprendizados e erros a serem corrigidos, muita mulher forte fazendo coisas potentes, importantes e revolucionárias.

ANA > E qual a expectativa para este ano? Alguma novidade na programação?

FMA < Algumas novidades, sim. Esse ano optamos por fazer a Feira fora do Centro de $P, num espaço muito bonito e de resistência na Zona Leste, o CDC Vento Leste (Rua Frederico Brotero, N° 60 – Metrô Patriarca da linha Vermelha do Metrô). É um lugar cheio de árvores, quadra, um espação que trouxe outras possibilidades pra gente pensar. Além disso esse ano optamos por dar um tema pra Feira: Nem Estado, Nem Patrão, Nem Marido. Pensando no legado que as tantas anarcasfeministas deixaram pra gente e também nos localizando historicamente, pensando no cenário atual brasileiro e consequentemente nas necessidades que teremos nos próximos anos. Convidamos então as coletivas e indivíduas a debater – pensando nesses pilares patriarcais e capitalistas – formas de nos organizarmos, nos defendermos e continuarmos lutando.

ANA > Teremos durante a Feira lançamentos editoriais?

FMA < Ainda não estamos divulgando as selecionadas, mas vai ter muito material legal com certeza.

ANA > Alguma mensagem para finalizar? Valeu!

FMA < A Feira de Mulheres Anarquistas é um espaço de encontro entre libertárias, buscamos criar um espaço de troca onde coexistam as divergências políticas internas que temos – que são totalmente saudáveis e que mostram o quanto somos diversas e críticas. Todas estamos alertas em relação ao que virá ano que vem, e é muito importante que nos mantenhamos ativas e atentas – inclusive, como sempre estivemos em todos os governos anteriores.

Convidamos todas a participar, conversar e debater nossas movidas e os rumos que queremos tomar.

Abraças y beij(A)s!

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/11/14/sao-paulo-sp-ii-feira-de-mulheres-anarquistas/

agência de notícias anarquistas-ana

Perfume no ar —
na rua ao luar
Noite de primavera

Elnite

Leave a Reply