[Grécia] Declaração da Ocupação de Habitação para Refugiados e Imigrantes Notara 26 sobre o despejo da Ocupação Themistokleus

Hoje (18 de maio de 2020), de madrugada, em Atenas, o Estado grego cujo racismo não pode ser parado nem por pandemias nem possivelmente por meteoritos, prosseguiu com o despejo da ocupação de moradias de refugiados Themistokleus, localizada na rua Themistokleus.

Dezenas de pessoas, principalmente mulheres refugiadas com filhos, perderam o lar novamente, assim como a proteção mínima que encontraram. Eles foram transportados em um ônibus da polícia para Petrou Rallli e depois jogados no meio do nada para andar pelas ruas sem-teto e cansados, sem lugar para onde ir.

No momento eles se reuniram na praça Exarchia sem acesso a comida e moradia. Entre eles muitos bebês e crianças.

Não temos ilusão. Não esperamos nenhum tipo de salvação dos cães de guarda e de seus superiores que elevaram a desumanidade e a repressão ao seu dogma supremo.

Somente a solidariedade pode devolver a esperança àqueles que dela foram privados.

Apelamos a todos os amigos e amigas dos aglomerados habitacionais de refugiados e imigrantes Notara 26 para apoiar essas pessoas da mesma maneira que têm apoiado nossa comunidade durante todos esses anos.

“PARA TORNAR A JORNADA DE SOBREVIVÊNCIA DOS REFUGIADOS NA JORNADA DA HUMANIDADE PARA A LIBERDADE”

Notara 26, 18 de maio de 2020

Tradução > A. Padalecki

agência de notícias anarquistas-ana

Silêncio:
cigarras escutam
o canto das rochas

Matsuo Bashô

Leave a Reply