[Itália] Uma saudação para o anarquista Franco Di Gioia

Entretanto, para nós anarquistas será sempre difícil nos fazer entender. Não somos um partido que vai ao parlamento ou à televisão para explicar nossas idéias. Não temos muitas ferramentas que nos permitam fazer propaganda, não temos televisão, grandes jornais, meios financeiros, porque somos um movimento de pessoas livres, trabalhadores, desempregados, estudantes e propagamos nossas idéias com os poucos meios que temos, e com ações” – F. Di Gioia

O camarada anarquista Franco Di Gioia nos deixou.

Até o final, ele permaneceu lúcido e ativo, apesar das dificuldades de saúde que o levaram ao último sofrimento atroz.

Até o final, ele contribuiu para o pensamento e ação anarquista com escritos claros e apoio incondicional.

Franco era um proletário, um anarquista, um lutador por esse ideal que continuaremos a compartilhar com ele.

A porta de sua casa em Grisolia, na costa tirrena de Cosenza, sempre esteve aberta a todos os camaradas que vieram visitá-lo, mesmo de longe, até recentemente, e a todos os proletários que o conheceram.

Ele nos ensinou a simplicidade da resposta revolucionária em qualquer situação.

Com ele vai um pedaço de história anarquista; para nós permanece a clareza de seu pensamento, a força de seu caráter, a capacidade de sentir injustiça e a urgência de poder responder, sem escrúpulos e sem piedade, a quem o gerou.

Recordamo-lo nas suas lutas com os trabalhadores de Grisolia, entre os trabalhadores e não com os trabalhadores, pelo seu apoio aos prisioneiros, pelo grupo anarquista de Grisolia, com a sede virada para a praça, encorajados pelas suas manifestações cheias de pathos e participação, pelas conferências anarquistas do centro e do sul, pela sua participação nas batalhas de Comiso, pela difusão do pensamento anarquista na Calábria, pelo seu entusiasmo, pela sua autenticidade, pela sua humanidade, como nos recordam também os camaradas que lutaram.

Minha contribuição será sempre para a anarquia” – F. Di Gioia

Anarchici

Quinta-feira, 14 de maio de 2020

Fonte: https://malacoda.noblogs.org/post/2020/05/15/un-saluto-per-lanarchico-franco-di-gioia/

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

O sol brilha
Nas vigas da ponte –
Névoa da tarde. 

Hokushi

Leave a Reply