[Espanha] Novidade editorial: “La intervención de Stalin en España”, de Abel paz

Já está disponível em nossa livraria online, e na sede de Madrid da FAL da rua Peñuelas 41, o livro “La intervención de Stalin em España”. Um lançamento que contribui com elementos essenciais para entender o desenvolvimento da zona republicana durante os anos da guerra civil iniciada após a sublevação militar de julho de 1936.

A história acadêmica, de forma generalizada, vêm mantendo determinados tópicos para tratar de justificar fatos que nunca foram estudados com a precisão que era necessária, com o claro propósito de salvaguardar os interesses ideológicos dos que não ficariam muito bem nessa investigação.

O texto de Abel Paz centra sua análise no estudo das memórias de Walter G. Krivitsky, espião e general do Exército Vermelho responsável, entre outros assuntos incertos, do envio de armas ao governo republicano através de uma rede comercial fictícia, que impedisse vincular diretamente à URSS com algum dos grupos combatentes, tratando de não pôr em perigo o Pacto de Não Intervenção assinado em agosto de 1936, entre outros estados, pelo soviético. Krivitsky detalha pormenorizadamente o momento escolhido por Stalin para intervir na guerra civil, quais são os interesses perseguidos, quem são os principais executores do plano e que resultados resultam dessas atuações. Apesar do exíguo percurso que faz o general por estes acontecimentos, seu testemunho é fundamental para entender episódios decisivos da contenda que ainda hoje seguem sendo estudados através de fontes documentais claramente manipuladas, que outorgam um protagonismo desmedido a uns setores do grupo republicano, para roubá-lo, com perversas intenções, dos que foram autores de feitos transcendentais.

Neste sentido, a historiografia oficial, salvo honrosas exceções, têm negado o decisivo papel do movimento libertário na guerra civil, explicando o fenômeno anarquista como uma tendência marginal e violenta, responsável pelas piores atrocidades e causador da derrota republicana. Para isso distorceram os fatos das formas mais inverossímeis, convertendo militantes destacados do anarcossindicalismo em pouco menos que bandidos  — Amor Nuño, irmãos Pellicer, Francisco Maroto, Joaquín Ascaso e um longo etc. Enquanto se evidencia a importância de realizações substanciais das quais são protagonistas, tais como a organização da maioria das coletividades agrárias e industriais — que sustentaram em grande parte a economia — a colaboração de dezenas de milhares de milicianos nas frentes de guerra ou a renúncia a princípios ideológicos fundamentais feita para não fraturar o grupo republicano.

O livro, escrito por Abel Paz e coeditado pela Fundação Anselmo Lorenzo e Calumnia Edicions, já está disponível em nossa livraria.

La intervención de Stalin en España

Abel Paz

Fundación Anselmo Lorenzo | Calumnia Edicions

Coleção Estel Negre, 10

60 págs.

Mallorca 2020

ISBN 9788412210736

Preço: 5,00€

fal.cnt.es

Tradução > Sol de Abril

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/09/14/espanha-manipulacoes-historicas-sobre-o-anarquismo/

agência de notícias anarquistas-ana

pequenos dedos
das gotas de chuva
massageiam a terra

Carlos Seabra

Leave a Reply