Protestos contra reforma trabalhista na Indonésia

Nos últimos dias, dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas em toda a Indonésia para protestar contra uma reforma legislativa que flexibiliza regulamentações trabalhistas e ambientais. Diversas manifestações foram marcadas por confrontos com a polícia, que já prendeu centenas de manifestantes.

Os protestos irromperam após o parlamento ter aprovado a polêmica lei na segunda-feira (05/10). O governo do presidente Joko Widodo diz que a legislação vai “ajudar a atrair investimentos estrangeiros ao país através de uma revisão das normas trabalhistas”.

Contudo, as associações dos trabalhadores demandam que a lei seja revogada, argumentando que ela enfraquece os direitos trabalhistas, através de normas regulatórias mais “brandas”, fomenta o trabalho informal com a contratação de terceirizados etc.

A eliminação de normas ambientais estabelecidas pelo pacote de leis também pode levar florestas tropicais à extinção total. Boa parte dos biomas já foram destruídos em queimadas para a extração de óleo de palma, um dos produtos mais exportados do país.

“A lei é catastrófica”, disse o diretor executivo da Anistia Internacional na Indonésia, Usman Hamid ao jornal norte-americano “The New York Times”. “Isso prejudicará as carteiras dos trabalhadores, a segurança no emprego e seus direitos humanos como um todo”.

agência de notícias anarquistas-ana

um atrás do outro
cactus florescem
enquanto a lua não vem

Nenpuku Sato

Leave a Reply