Semana Internacional de Solidariedade com os Prisioneiros Anarquistas, de 23 à 30 de Agosto de 2022

O fato de que o capitalismo não se centra em nossas necessidades, mas no lucro, é comprovado hoje, em toda sua brutalidade, pela crise climática, a pandemia da Covid-19 e o colapso dos sistemas sócio-econômicos em todo o mundo. Aqueles que lucram com o capitalismo ficam mais ricos em tempos de desastre. Mas com as crises atuais também estamos passando por uma nova era de revoltas de baixo para cima.

A resistência à guerra na Ucrânia, os protestos sudaneses contra o regime militar ou a revolta social no Chile são alguns exemplos que não só nos mostram as possibilidades de organização e luta coletiva. Também mostram como é importante que os movimentos sociais aprendam e se apoiem uns aos outros nestes tempos. Não apenas fora dos muros, mas também atrás deles.

Desde o pipocar da pandemia da Covid-19, temos visto lutas ferozes contra o encarceramento, lembrando-nos de que os encarcerados são os mais afetados quando tudo cai. As fugas das prisões brasileiras e italianas, as pessoas encarceradas na Tailândia que incendiaram uma prisão, assim como as greves de fome em andamento como as que vemos na Grécia ou nos campos de detenção de refugiados poloneses, são exemplos da coragem que as pessoas encarceradas estão mostrando para derrubar os muros.

Em todas essas lutas, ideias e valores anarquistas são o combustível da resistência coletiva. Portanto, não é de se estranhar que a repressão contra os anarquistas esteja aumentando e a solidariedade seja mais necessária do que nunca. O sistema de dominação capitalista consegue funcionar graças ao isolamento contínuo entre as pessoas, da competição sem fim e de ignorar nossas reais necessidades e desejos. Precisamos de solidariedade entre nossos amigos, no trabalho, na vizinhança, em nossas comunidades. Os de fora e os de dentro de seus muros.

Vamos derrubar os muros juntos!

É por isso que convocamos novamente a Semana Internacional de Solidariedade com os Prisioneiros Anarquistas. Faça alguma ação de solidariedade! Escrever cartas, organizar palestras ou exibições de filmes, torne nossos companheiros visíveis nas ruas com uma faixa ou pichação e deixá-los ver que eles estão em nossos corações e que lutamos juntos.

Recordemos aqueles que lutaram contra a injustiça e estão pagando com suas vidas.

Ninguém será livre, até que todos estejam livres!

Se você tiver alguma pergunta ou comentário, se quiser nos enviar uma foto, um pequeno texto, uma gravação de seu evento ou ação, escreva para nós (tillallarefree@riseup.net).

https://solidarity.international/

agência de notícias anarquistas-ana

sol poente
numa ruela
menino corre das sombras

Rod Willmot

Leave a Reply