[Porto Alegre-RS] Conheça seus inimigxs: Contra a Monsanto e tudo o que a faz possível

O agronegócio implica todos os processos que englobam a produção, processamento e comercialização de bens de origem agrícola e pecuário. É uma indústria que vai da produção de matéria prima até aos produtos manufaturados na gôndola do supermercado, englobando também os diferentes processos de transporte e distribuição assim como o referente ao pessoal associado à produção e às instituições públicas e privadas encarregadas de fomentar este processo.

Em nosso território (Rio Grande do Sul) é talvez o negócio mais importante e empresas como AGROESTE e AGROCERES estão na lista das principais empresas exportadoras. E neste entorno é onde capitaneiam empresas e holdings transnacionais como MONSANTO [1], NIDERA [2], SYNGENTA [3], CARGILL [4] e BAYER [5]. Entretanto sua presença aqui não seria possível sem o serviço de fatores locais como AGROESTE [6], AGROCERES [7], MONSOY [8], DEKALB [9], ROUNDUP [10] e SEMINIS [11] entre outros que importam, armazenam e distribuem seus produtos em todo o território. Empresas de maquinaria industrial como JOHN DEERE [12], MARISPAN [13] e LS TRACTOR1[4] também se encarregam de importar maquinaria – pulverizadores ou fertilizadores – fundamentais para estes processos. Estes burgueses do campo – latifundiários donos de milhares de hectares, que plantam com monocultivos contaminantes – se reúnem em instituições para defender seus interesses como a FARSUL[15] e FEPAGRO [16].

Uma vez mais, toda a devastação e extração realizada não seria possível se não fosse pela já habitual cumplicidade do Estado através da FRENTE PARLAMENTAR DA AGROPECUÁRIA [17] e do MINISTÉRIO do DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO [18]:

1- Rua Padre Chagas, 415, sala 302,304, Porto Alegre – RS;

2- Rua Dona Laura, 320, Rio Branco, Porto Alegre –RS;

3- Rua Ernesto da Fontoura,1479,São Geraldo, Porto Alegre-RS;

4- Rua dos Andradas,1121, Edifício Rua da Praia, Centro, Porto Alegre-RS;

5- Avenida São Pedro,1605, São Geraldo, Porto Alegre-RS;

6- Rua Jorge Malchow , 421, Piratini, Panambi-RS;

7- Tritec (Lajeado), Rodovia BR386, km 344, 3500, Lajeado-RS;

8- Avenida das Nações Unidas, 1291, Torre Norte, 7° andar, São Paulo-SP;

9- Rua Paulo J. Schlabitz, 130, Montanha, Lajeado-RS;

10- Rua Marquês de Olinda, 89, Três Vendas, Pelotas-RS;

11- Agropiá, Rua Frederico Michaelsen, 129, Centro, Nova Petrópolis-RS;

12- Plantare, Est Mauricio Cardoso, 3425, Bairro Olaria, Montenegro-RS;

13- Reis Tratores, Est Mauricio Cardoso, 2303, Bairro Olaria, Montenegro-RS;

14- Rua Vereador Klaus Lennertz, 2130, Palmital, Garuva-SC;

15- Praça Prof. Saint Pastous, 125, Cidade Baixa, Porto Alegre-RS;

16- Rua Gonçalves Dias, 570, Bairro Menino Deus, Porto Alegre-RS;

17- SHIS QL10 Conjunto 8, Casa 6, Lago Azul, Brasilia-DF; 18- Avenida Loureiro da Silva, 515, sala 312, Centro Porto Alegre-RS;

“PRATICAR A DISSIDÊNCIA E A RAIVA ATRAVÉS DA AÇÃO DIRETA INSURRECIONAL. É FÁCIL, DIVERTIDO, PERTINENTE E NECESSÁRIO.”

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/06/06/monsanto-ou-a-historia-de-como-fazer-um-mundo-pior/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/06/02/palavras-sobre-a-marcha-contra-monsanto-em-porto-alegre-rs-reflexoes-debates-acoes-que-virao/

agência de notícias anarquistas-ana

e um vaga-lume
lanterneiro que riscou
um psiu de luz

Guimarães Rosa

Leave a Reply