[Santos-SP] Maio de 68: 50 anos de uma revolta libertária!

Debate • Exposição de fotos e cartazes • Venda e distribuição de material anarquista

Quando: Sábado, dia 19 de maio, a partir das 17h00. Onde: Capim Mascavo, Rua Euclides da Cunha, 170, Santos (SP).

França, Maio de 68, dez milhões de trabalhadores em greve. Os poderes institucionais e burocráticos são completamente anulados. Estudantes, operários e camponeses prontos a tudo destruir para tudo reinventar desnudam a natureza opressiva do capitalismo e sua essência contraditória expondo a face real do Estado, do Parlamento e de TODOS os partidos políticos.

Após 50 anos, o legado de Maio de 68 permanece: lutar por uma sociedade sem classes significa se opor à hierarquia, ao culto à personalidade, ao Estado e a todas as formas de controle social que impedem a classe trabalhadora de se emancipar. Mais do que isso, significa construir uma sociedade baseada nos princípios de autogestão, democracia direta e horizontalidade.

A atividade terá inicio com uma breve contextualização histórica do período e dos fatos que marcaram o mês de maio de 1968 na França seguido de um debate acerca do legado histórico que tal evento nos oferece para encararmos a atual conjuntura político-social em nosso país e no mundo.

A atividade também contará com uma exposição de fotos e cartazes produzidos pelo Atelier Popular da Academia de Belas Artes de Paris. E a participação dos companheiros da Biblioteca Carlo Aldegheri, do Guarujá (SP), que levarão livros para venda e materiais anarquistas para distribuição gratuita.

FB: https://www.facebook.com/events/254818911758328/

agência de notícias anarquistas-ana

esnobar
é exigir café fervendo
e deixar esfriar

Millôr Fernandes

Leave a Reply