[Espanha] Em liberdade os dois anarquistas detidos pela Brigada de Informação em Madrid

As duas pessoas presas na segunda-feira foram libertadas sem medidas cautelares ou fiança. O caso, instruído na Audiência Nacional, está sob sigilo sumário.

Ao meio-dia desta terça-feira (14/05) foram liberados duas pessoas presas anteontem por agentes da Brigada de Informação, apoiados por um operativo do Corpo de Antidistúrbios, no distrito de Tetuán (Madrid). A libertação, sem medidas cautelares ou fiança, ocorreu depois que eles passaram a disposição da Audiência Nacional, segundo o advogado Daniel Amelang.

“Sabemos que eles têm acusações de terrorismo, mas não sabemos mais nada porque o caso está sob sigilo sumário”, explica Amelang. “Podemos intuir que muito sério não deve ser, porque eles não impuseram medidas cautelares, e as acusações de terrorismo podem ser questionadas, mas não queremos especular”, continuou o advogado, que assinala que, estando sob segredo sumário não contam com nenhuma informação: “Fazemos a defesa à cegas, sem saber o que estão investigando”.

Essas duas pessoas foram presas em uma operação que, desde vários coletivos, se qualifica como “contra o terrorismo anarquista”, na sequência de casos [operações] como Pandora, Piñata ou Ice. Eles foram libertados depois de passarem a manhã de anteontem, 13 de maio, na delegacia de Moratalaz. “Eles foram detidos em suas casas, que também foram registradas”, explica Amelang. Desde vários grupos, entretanto, foram enviados comunicados afirmando que uma das prisões ocorreu no espaço anarquista Emboscada, recentemente ocupado no distrito de Tetuán e relacionando-os também com as detenções que no ano passado tiveram lugar em Madrid relacionadas à revolta em Hamburgo contra a reunião do G-20. Desde o departamento de imprensa da Polícia Nacional, dizem não ter informação sobre essas prisões.

Várias pessoas vieram esta tarde de terça-feira às 13h00 para mostrar o seu apoio aos detidos. Também sob o lema “Solidariedade com os anarquistas”, foi convocada concentrações de apoio na madrilenha praça de Tirso de Molina às 21h, em Murcia às 19h na praça da Merced, e às 21h na Praça de Sants em Barcelona.

Fonte: https://directa.cat/en-llibertat-les-dues-anarquistes-detingudes-per-la-brigada-dinformacio-a-madrid/

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/14/espanha-operacao-antiterrorista-contra-o-anarquismo-em-madrid/

agência de notícias anarquistas-ana

Noite no jasmineiro.
Sobre o muro,
estrelas perfumadas.

Yeda Prates Bernis

Leave a Reply