[Espanha] A perseguição da solidariedade anarquista

Atualização da situação des companheires represaliades em Madrid, pelo ataque a um caixa eletrônico do Bankia.

Em 29 de outubro de 2018 em Madrid, dois companheires anarquistas eram detides em suas respectivas casas, sob a acusação de danos.

Concretamente os acusam de danos com fogo a um caixa eletrônico do Bankia em 11 de abril de 2018 em solidariedade com a anarquista presa Lisa, condenada pelo assalto a um banco em Aachen (Alemanha).

Os companheires passaram a disposição judicial em 30 de outubro de 2018 e foram postos em liberdade à espera de julgamento. Durante esse ano a tipificação do delito mudou para delito leve, no entanto, em novembro de 2019, após um recurso da promotoria, o delito voltou a ser tipificado como normal, dando lugar à possibilidade de que sejam condenades a prisão. Atualmente a investigação já tinha sido encerrada e se encontram à espera de que a promotoria apresente o escrito de acusação.

Este é outro dos muitos ataques que o Estado realiza contra o anarquismo, mais além dos fatos, sem entrar em termos de inocência ou culpabilidade, pois não são mais que termos do poder para condenar e processar a todo aquele que se rebela contra sua autoridade. O que se persegue são os princípios e práticas anarquistas, práticas legítimas como são a solidariedade e a ação direta contra todo aquele que nos oprime.

É por isso, que consideramos necessário que estes casos não fiquem no esquecimento, pois o trabalho repressivo se alimenta disto gerando desinformação a respeito das ideias e práticas anarquistas e tratando de deslegitimá-las e desmobilizá-las por meio de “castigos exemplares”. Frente a sua continua perseguição às ideias e práticas anarquistas há de prevalecer e assim continuar a ofensiva contra o Estado.

Estejam atentos para mais informação.

MORTE AO ESTADO E VIVA A ANARQUIA!

SOLIDARIEDADE COM TODES OS COMPANHEIRES REPRESALIADES

Tradução > Sol de Abril

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/02/20/espanha-aqui-ha-uma-guerra-alguns-casos-repressivos-contra-o-anarquismo-em-madrid-solidariedade-cumplicidade-ataque/

agência de notícias anarquistas-ana

A orquídea –
a cada instante
o silêncio é outro.

Constantin Abaluta

Leave a Reply