[Espanha] Sara liberada com acusações. Liberdade aos prisioneiros do 27F. Já chega de montagens policiais

Ontem, segunda-feira 22/03, no último minuto, recebemos a notícia da libertação (com acusações) de Sara, uma das oito presas pela manifestação de 27 de fevereiro em Barcelona. O recurso interposto pela defesa provaria, através de um teste especializado, que ela não poderia ter sido a que pulverizou líquido inflamável, como alegou a declaração da polícia.

Mais uma vez, esta história, com suas afirmações categóricas e reproduzidas a valor de face por tantos meios de comunicação, começa a desvanecer-se. Sara foi presa, acusada e encarcerada como a autora do incêndio da van, sem direito à presunção de inocência. Assim como o resto das pessoas presas e hoje encarceradas.

A foto de Sara, seu nome e detalhes apareceram na mídia, primeiro em La Vanguardia, ecoado pela imprensa italiana. Alguns dias antes de cumprir um mês de prisão, ela foi libertada com acusações depois que seu advogado e uma testemunha especializada para a defesa provaram que era impossível que ela fosse a pessoa acusada pela polícia, o promotor e o tribunal.

Trata-se de um primeiro passo e é muito importante. Ela quebra a moldura e esperamos que continue. Uma suposta organização criminosa da qual nada se sabe porque não existe, formada por anarquistas e italianos. Uma suposta tentativa de assassinato, que após ver as imagens e as buscas da polícia, um isqueiro bicolor e roupas com cheiro de gasolina permanecem como prova.

A reação unânime dos empregadores, do Conselho Municipal (Ada Colau) e do Governo (Ministro do Interior), e da mídia foi muito séria. Nem mesmo um mês se passou desde as prisões e todo o processo que forçou o tribunal a liberar a Sara, pendente de julgamento e com medidas cautelares, está sendo questionado. Os recursos dos demais prisioneiros ainda estão pendentes no tribunal provincial e esperamos que eles sejam libertados.

Como aconteceu anteriormente nas operações Piñata e Pandora, também contra o anarquismo e os anarquistas, depois de alguns meses na prisão, finalmente as pessoas foram libertadas e livres de acusações. Mas ninguém se demitiu, pediu perdão ou assumiu a responsabilidade.

Parabéns à Sara por sua liberdade, embora sob vigilância, e esperemos que o resto dos apelos também seja atendido e todos sejam liberados.

Fonte: https://ellokal.org/sara-en-llibertat-amb-carrecs-llibertat-presxs-27f-prou-de-muntatges-policials-cat-cas/

Tradução > Liberto

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/16/espanha-mais-de-300-pessoas-marcham-ate-a-prisao-de-brians-1/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/12/espanha-comunicado-solidariedade-com-xs-detidxs-da-manifestacao-do-27f/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/09/espanha-mais-uma-vez-o-anarquismo-na-mira-da-repressao-construimos-a-solidariedade-construimos-a-alternativa/

agência de notícias anarquistas-ana

O jarro quebra –
Ah, o despertar
Do gelo da noite!

Bashô

Leave a Reply