[Escócia] Pink Peacock, café queer e anarquista, enfrenta acusações criminais por causa da sacola “Fuck the police”

Recém-inaugurado, Pink Peacock, um café queer, anarquista e idishista localizado em Glasgow, está sendo acusado de “violação da paz” por exibir uma sacola “Fuck the Police” (foda-se a polícia) em sua vitrine.

Na segunda-feira (14/06) xs companheirxs receberam a “visita” da polícia com uma “advertência formal”. Um porta-voz da ordem disse: “A polícia de Glasgow recebeu reclamações do público em relação a um item exibindo linguagem ofensiva na vidraça das instalações na área de Victoria Road em Govanhill”.

Alguns minutos após a partida, os policiais retornaram ao café. Disseram que precisavam apreender a sacola como “prova do crime”.

À medida que a hostilidade em relação ao café se intensificou, também aumentou a generosidade: na última quinzena, o café recebeu mais de £ 3.000 em doações e, nos últimos três dias, mais de 200 pedidos da sacola “foda-se a polícia” para sua loja online.

Recentemente, o Pink Peacock teve sua vitrine pichada e quebrada por um homem. O segundo ataque “conservador” em menos de um ano (o café tem apenas 7 meses de funcionamento parcial).

agência de notícias anarquistas-ana

nuvem que passa,
o sol dorme um pouco –
a sombra descansa

Carlos Seabra

Leave a Reply