[Espanha] Diante do aumento da conta de luz e de outros bens básicos: greve geral

Durante este ano de 2021, as tarifas de eletricidade subiram a níveis históricos. Já em janeiro deste ano, o oligopólio de eletricidade começou a subir diante da passagem da tempestade Filomena, e a luz só continuou a se tornar mais cara.

Desta vez Teresa Rivera, terceira vice-presidente do governo, anunciou um aumento de 25% na tarifa de eletricidade. O oligopólio de eletricidade na Espanha continua buscando maximizar os lucros através do aumento das tarifas e do cometimento de fraudes.

O governo não se recusa a enfrentar este oligopólio, mas é parte dele e legisla a seu favor. Muitos membros atuais das diretorias das empresas de eletricidade têm feito parte de governos sucessivos e são membros dos principais partidos políticos. Eles acabaram fazendo parte desses oligopólios graças às famosas “portas giratórias”.

Todos estes aumentos terão repercussões para aqueles que sustentam o sistema econômico capitalista: os trabalhadores. Não só as tarifas em nossas casas vão aumentar, mas o aumento do preço da eletricidade vai encarecer as necessidades básicas, como a alimentação e, portanto, o custo de vida em geral.

Em uma sociedade de classes, a empatia social não existe. A única solução viável para que nós trabalhadores não paguemos por este roubo é a organização e a greve geral, a única ferramenta para a defesa e promoção de nossos interesses de classe.

Federação Anarquista Ibérica – FAI

federacionanarquistaiberica.wordpress.com

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/09/13/espanha-conta-de-luz-basta-de-saquear-a-classe-trabalhadora-abajoeltarifazo/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/06/30/espanha-acoes-em-barcelona-de-14-a-20-de-junho-contra-a-devastacao-da-terra-e-o-aumento-da-luz/

agência de notícias anarquistas-ana

Sob o ipê florido
embelezam de amarelo
as flores que caem.

Sandra Hiraga

Leave a Reply