[EUA] São Francisco, CA: Anarquistas agem no consulado da Indonésia em solidariedade com prisões do 1° de Maio

No dia 1º de junho, uma modesta turba de mais de 20 anarquistas em São Francisco realizou um ataque em solidariedade aos nossos camaradas na chamada Indonésia, onde mais de 600 anarquistas foram presos neste 1° de maio. Nós jogamos 60 bombas de tinta e colamos fortemente etiquetas no Consulado da Indonésia com círculos Α para enviar uma mensagem ao governo indonésio que apesar da distância entre nós e nossos camaradas, o Estado não está seguro e sempre será atacado.

As ações dos camaradas indonésios, simples gestos de tinta nas paredes, ressoaram conosco. Nas imagens posteriores de seu ato e em seu apelo à solidariedade, reconhecemos amigos do outro lado do mar agonizante. Mais do que expressar nosso desprezo pelo Estado indonésio, queremos transmitir nosso amor aos camaradas que lutam dentro e contra suas falsas fronteiras. Ferocidade e Força para aqueles que enfrentam a repressão e os que estão em fuga.

Se agimos em solidariedade, não é por obrigação nem por dever. Nós agimos pela alegria. Não há remédio mais forte para o desespero do que o riso da conspiração.

Solidariedade a todos os povos indígenas da Papua Ocidental e outros territórios que resistem à colonização, genocídio e mineração / exploração madeireira da Indonésia.

O Consulado da Indonésia em São Francisco está localizado em North Beach, um bairro que os companheiros anarquistas organizaram, sangraram, lutaram, mataram e morreram por gerações desde a virada do século passado. North Beach tem sido o local da luta anarquista interracista internacionalista há quase um século e continuamos com esse espírito com prazer e honra! As memórias de nossos camaradas caídos de todo o globo nos guiaram em nosso ataque contra o genocida e repressivo estado colonial da Indonésia.

Estamos pedindo ações de solidariedade internacional ao longo de junho. Todas as embaixadas, consulados e empresas que operam na Indonésia não estão a salvo. (Aqui gostaríamos de destacar a escória do Freeport-McMoRan, que opera o maior mina de ouro do mundo e a segunda maior mina de cobre na Papua Ocidental, sufocando a floresta tropical e ajudando ativamente no genocídio dos povos indígenas de lá)

Por um Junho Negro e um ano de 2019 também Negro!

Nas palavras da Frente Anti-fascista de Bandung: “Garantiremos que nossa raiva continue se cristalizando e crescendo, até que um dia nos tornemos uma enorme força de ira. Pedimos a todos os companheiros (onde quer que vocês estejam) que continuem mantendo o fogo da resistência“.

A solidariedade é a nossa arma!

Internacionalismo é a nossa força!

A chama negra brilha sob a lua minguante!

Alguns anarquistas

Tradução > Revanche dos Oprimidos!

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/22/indonesia-declaracao-da-frente-anti-fascista-de-bandung/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/04/indonesia-em-bandung-jovens-anarquistas-sao-espancados-torturados-e-humilhados-por-policiais/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/02/indonesia-declaracao-da-biblioteca-anarquista-catut-sobre-a-repressao-do-1o-de-maio-em-bandung/

agência de notícias anarquistas-ana

Madrugada fria.
A lua no fim da rua
vê nascer o dia.

Ronaldo Bomfim

Leave a Reply