[Rússia] Anarquistas e antifascistas russos condenados entre 6 e 18 anos de prisão

O julgamento de sete russos anarquistas e antifascistas acusados de crimes terroristas terminou em 10 de fevereiro passado em Penza, oeste da Rússia.

Dmitry Pchelintsev recebeu 18 anos, Ilya Shakursky 16 anos, Arman Sagynbaev 6 anos,  Andrei Chernov 14 anos, Vasily Kuksov 9 anos, Mikhail Kulkov 10 anos e Maxim Ivankin 13 anos de prisão.

O caso Network (Rede) começou em outubro de 2017, quando o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) prendeu seis pessoas em Penza acusando-as de participação em uma organização terrorista “The Network” (A Rede). Dois outros moradores de Penza desapareceram e foram colocados na lista de procurados pelo FSB Eles foram detidos em seguida em Moscou. Em Janeiro de 2018, mais duas pessoas foram presas no mesmo caso e, em abril daquele ano, foram apresentadas acusações contra mais uma pessoa.

De acordo com a acusação, a “comunidade anarquista terrorista” foi criada em maio de 2015. Depois da formação do grupo, os acusados supostamente “atribuíram papéis entre si e exploraram maneiras de cometer crimes” a fim de derrubar o regime russo “estabelecendo grupos de combate e recrutando indivíduos que compartilhavam sua ideologia anarquista”. Eles também foram acusados de pretender usar bombas para desencadear “a desestabilização do ambiente político no país” durante as eleições presidenciais russas em março de 2018 e a Copa do Mundo de futebol realizada no país em julho daquele ano.

Durante o julgamento, os réus negaram as acusações e reclamaram de maus-tratos, incluindo a tortura por choques elétricos e espancamento durante suas detenções.

O veredicto judicial foi proferido em meio a protestos do lado de fora do tribunal. Depois que o veredicto foi anunciado, a audiência do tribunal respondeu com gritos de “Vergonha!” e “Liberdade!”.

O tribunal concedeu aos sete anarquistas o direito de apelar.

O que você pode fazer para apoiar os antifascistas e anarquistas russos que estão sendo torturados e presos?

– Doar dinheiro para a Anarchist Black Cross (Cruz Negra Anarquista) via PayPal (abc-msk@riseup.net). Certifique-se de especificar que sua doação é reservada para “Rupression”.

– Divulgue sobre o caso Network também conhecido como o caso de “terrorismo” em Penza-Petersburgo. Você pode encontrar mais informações sobre o caso e artigos mais profundos traduzidos para o inglês neste site (rupression.com).

– Organize eventos solidários onde você mora para arrecadar dinheiro e divulgar a situação dos antifascistas torturados de Penza e Petersburgo.

– Se você tiver tempo e meios para projetar, produzir e vender mercadorias solidárias, por favor escreva para rupression@protonmail.com.

– Criar um cartão postal solidário que possa ser impresso e usado por outros para enviar mensagens de apoio aos prisioneiros. Envie suas ideias para rupression@protonmail.com.

– Escreva cartas de apoio para os prisioneiros e seus entes queridos via rupression@protonmail.com.

Tradução > Brulego

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/05/02/russia-a-rede-documentario-2019/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/02/06/russia-apoie-prisioneirxs-anarquistas-e-antifascistas-em-sao-petersburgo-e-penza/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/07/12/russia-duas-novas-detencoes-no-ambito-do-caso-rede/

agência de notícias anarquistas-ana

Sobre mim a lua.
Lá atrás das altas montanhas
outro deve olhá-la.

Alexei Bueno

Leave a Reply